Visibilidade e inclusão no funk

Maria Paula é o destaque do novo hit de MC Kevinho

0

Com mais de 22 milhões de acessos, o mais novo hit do MC Kevinho, com participação de MC Kekel, traz uma pegada diferente do que estamos acostumados a ver no canal Kondzilla. A protagonista do clipe, Maria Paula Vieira, concedeu uma breve entrevista sobre o clipe.

Fotógrafa, jornalista e atriz. O mundo é pequeno para o talento da jovem que está sempre lutando pelos direitos das minorias e fazendo sua parte para colaborar por um mundo com mais visibilidade e inclusão. No ano passado, Maria foi contratada para ser modelo freelancer pela Tim e já fez comercial com a Globo. Seus contatos anteriores possibilitaram o Kondzilla a ter acesso ao seu portfolio.

Maria foi indicada e tinha o perfil exato para o clipe. “Quando eu recebi o roteiro, eu gostei muito e por isso eu aceitei o trabalho”. Ela também afirma que a mensagem não era capacitista e não tinha nada tinha relacionado com “ar de dó”, e sim mostrava que o cadeirante tem uma vida comum – porém, o que pode diferenciá-los e levá-los a dificuldades são os locais públicos e meios de transporte coletivos que ainda infelizmente ainda não se adaptaram totalmente para a acessibilidade.

A reação das redes sociais foi muito boa. Muitos deficientes mandaram mensagens positivas dizendo que gostaram de ver a representação, que apesar das dificuldades (crítica necessária), o clipe mostrou que a mulher cadeirante namora, sai e se diverte. “Meninas de 10, 15 anos se sentiram representadas […] a representatividade importa para a autoestima das pessoas”, ela diz.

E não foi somente na frente das câmeras que o Kondzilla quis mostrar sua posição. Eles se preocuparam em arranjar um parque acessível para gravar. “O carrossel do parque tinha uma vaga específica para criança deficiente”, Maria observou.

Toda a equipe estava preparada e as gravações correram tranquilas. O Kondzilla está de parabéns pela mensagem necessária e da comunicação de tom ideal – mostrando o empoderamento do cadeirante o incluindo de forma justa no mundo real.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.